quarta-feira, 1 de outubro de 2008

O Sertanejo


O sertanejo é antes de tudo um forte, foi assim que Euclides da Cunha se referiu a nós, homens acostumados à seca e ao sofrimento de ver seu gado e sua família com fome e sede. Assim mesmo, quero cantar os cordéis que aprendi com meu pai, Seu Zé da Paraíba.

2 comentários:

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Admiro muito os nordestinos, seu povo e sua cultura! Obrigada e muito carinho!!!Bjs

Betho disse...

Severino, paraibano de fibra, vim aqui conhecer a sua escrita e encontro sertanejo, já vi, que seremos amigos e espero por mitas vidas. Abraços

Escrevo em:
http://nsides.blog.uol.com.br
http://bethosides.blogspot.com
e junto com outros em:
http://diarim.blogspot.com